Tribunal de Justiça do Paraná mantém absolvição de Ricardo Casarin por legítima defesa

O Ministério Público de Campo Mourão interpôs Recurso de Apelação após o resultado do Júri Popular que absolveu Ricardo Casarin em 25 de fevereiro deste ano.

A defesa da família que Matheus Jakowski também interpôs Recurso de Apelação, sustentando que houve nulidade pela não participação do pai da vítima na sessão plenária.

Já a defesa de Ricardo Casarin pugnou pela manutenção da vontade do conselho de sentença, que absolveu Ricardo Casarin por legítima defesa em Júri Popular no dia 25 de fevereiro de 2021.

O Tribunal de Justiça do Paraná manteve absolvição de Ricardo Casarin por entender que a vontade do povo é soberana e que não houve prejuízo na não participação do pai na sessão, eis que se fez representado por 03 advogados.

Compartilhe este post:
Open chat